Em 09/04/2018 às 14h42

CIRCUITO BRASILEIRO OPEN: Ana Patrícia é bicampeã ao lado de Rebecca

Mesmo lesionada, a mineirinha garantiu a conquista com a cearense.

Divulgação/CBV

Divulgação/CBV

Foi uma manhã de domingo puxada para a dupla Ana Patrícia/Rebecca que tiveram adversidade durante a final da etapa de Aracajú (SE), do Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia. A mineira, Ana Patrícia sofreu uma luxação no dedo mínimo, mas suportou a dor, voltou ao jogo e venceu Fernanda Berti e Bárbara Seixas (RJ) por 2 sets a 1 (21/16, 20/22, 15/6), em 1h10, com a arena na Praia de Atalaia completamente lotada.

Ana Patrícia comentou a lesão durante o início do primeiro set, e como conseguiu seguir na partida. Ela ainda recebeu forças da família, já que a mãe, Eugênia, e a irmã mais nova, Ana Beatriz, viajaram de Espinosa (MG) para visitarem a bloqueadora de 1.94m.

"Nunca havia sofrido uma luxação, a dor foi grande, mas a imagem do dedo completamente fora do lugar me assustou. Fico feliz em não ter sido nada mais grave, o Santos (Jorge Santos, fisioterapeuta da CBV) me atendeu muito bem, conseguiu fazer com que eu voltasse ao jogo. Rebecca me ajudou demais, foi muito parceira. Fico feliz em conseguir conquistar esse ouro, especialmente com a presença da minha família", disse Ana.

Este é o segundo ouro consecutivo de Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE), que haviam subido ao lugar mais alto do pódio na etapa passada, em Maceió (AL), no mês passado. A medalha de ouro rende à dupla 400 pontos no ranking geral da temporada, onde elas encerram em terceiro lugar. Elas também recebem um prêmio R$ 45.050,50.

Nesta temporada elas já haviam conquistado uma prata em Itapema (SC) e um bronze em João Pessoa (PB). Rebecca, que chega ao seu quinto ouro em etapas do Circuito Brasileiro, segundo deles ao lado de Ana Patrícia, comentou a vitória e evolução da parceria.

"Estou muito feliz, pois temos uma sequência de etapas jogando bem. Estamos sempre juntas e este título tem um gostinho especial, já que ela machucou o dedo no começo da partida e os familiares dela estão aqui na torcida. Foi muito merecido, quero agradecer a todos que estão conosco, nossas famílias e a nossa comissão técnica. Foi uma situação nova que eu nunca tinha passado e fiquei um pouco desesperada. Acho que isso atrapalhou meu desempenho quando o jogo foi focado em mim. Mas mesmo machucada a Ana foi uma guerreira e conseguiu fazer a diferença, pois ela tem uma qualidade absurda. Ela mais ajudou a mim, do que eu a ela. Este título é todo dela", declarou a defensora cearense.

O bronze da etapa ficou com Carol Solberg e Maria Elisa (RJ), que no último sábado garantiram o título geral da temporada 17/18, somando a pontuação dos sete eventos. Elas subiram ao pódio ao vencerem Ágatha e Duda (PR/SE) por 2 sets a 1 (21/14, 19/21, 10/15), em 1h05. Agora, as duplas se preparam para a disputa do SuperPraia, que acontece entre 26 e 29 de abril, em Brasília. O torneio  reúne apenas os times mais bem ranqueados no Circuito Brasileiro.

Fonte: CBV