Em 07/02/2018 às 18h00

Convocados

Definidos os técnicos da Seleção Mineira

O calendário do Campeonato Brasileiro de Seleções ainda não foi divulgado, mas Minas Gerais já começa a se preparar para a maior competição nacional de vôlei das categorias de base. São quatro torneios divididos em duas categorias para os naipes masculino e feminino. No infantil a atual campeã na Taça Potengi, Maria Bethania, assume o time feminino, enquanto Manoel Pereira volta a seleção no masculino. Já no infanto-juvenil, a missão foi dada ao Giuliano Sucupira pelo naipe feminino, e o estreante Humberto Martelete ficará responsável pelo time masculino.

 

Minas Gerais é reconhecido não apenas por lançar bons atletas, mas também por ter em seus clubes bons profissionais. Para a escolha dos treinadores na Seleção Mineira 2018, foi preciso analisar o histórico de cada um, até chegar aos nomes dos quatro técnicos.

FEMININO

Com ótimas passagens na Seleção Mineira, Maria Bethânia, está vivendo um dos melhores momentos em sua carreira. A atual campeã da Taça Potengi, com a Seleção Mineira Mirim Feminina, foi convocada pela primeira vez para a Seleção Brasileira. Além da chance de vestir a camisa verde e amarela, a treinadora terá a missão de comandar também o time mineiro na categoria infantil.

Maria Bethânia é treinadora da AABB/Araxá e tricampeã brasileira pela Seleção Mineira, sendo que dois dos títulos conquistados foram pela categoria infanto, um mirim e buscará o infantil este ano

Na categoria infanto, a FMV chamou o treinador que está acostumado a lançar grandes atletas nas quadras e praias brasileiras. Giuliano Sucupira é um dos treinadores da Seleção Mineira de Vôlei de Praia desde sua fundação, em 2013 e terá mais uma vez a chance de comandar o time feminino sub-18 de quadra. O atual treinador da Prefeitura de Betim teve passagens na Superliga 2006/2007 como técnico interino do time profissional do Sada Betim. Comandando a Seleção Mineira, Giuliano foi vice-campeão pela categoria juvenil em 2009 e 2013, além de conquistar o bronze em 2014 pela mesma categoria.

MASCULINO

Humberto Martelete estreia como treinador do Time Minas Gerais. O profissional é assistente da equipe Sada Cruzeiro adulta e treinador das categorias de base do clube. Com a chance de treinar a Seleção Mineira Infanto, o técnico se diz muito orgulhoso pela convocação, não apenas pelo reconhecimento de seu trabalho, mas também por poder representar o estado.

"Estou muito feliz e orgulhoso, acho que todo técnico de Minas Gerais sonha com essa convocação. Agradeço a Federação Mineira de Voleibol por me chamar. Acho que é fruto do trabalho que desenvolvi junto ao Sada. Eu entro nas competições sempre para ganhar, então, o objetivo é jogar bem e ser campeão, mas, caso não aconteça, iremos jogar todas as partidas com força máxima" disse Beto Martelete.

Manoel Pereira, do Cruzeiro Esporte Clube, estará a frente do Time Minas Gerais mais uma vez. O atual campeão estadual sub-17 pelo Cruzeiro terminou o CBS, do mesmo ano, na vice colocação. A final do Sub-18 foi contra o Rio de Janeiro que levou o troféu por um placar de 3 sets a 1. Com a nova chance ao comando de Minas Gerais, Manoel usará a experiência adquirida ao comando do infanto para subir no degrau mais alto do pódio na categoria infantil.